Home » Salário » Salário Líquido 2020: Cálculo, Valor e Descontos

Salário Líquido 2020: Cálculo, Valor e Descontos

Todo trabalhador desempenha suas atividades em prol do recebimento de salário para o provimento de suas necessidades. E quando chega o dia do pagamento sempre observam, na descrição do seu contracheque dois termos: salário bruto e salário líquido. Logo se percebe que não é a mesma coisa, pois existe uma diferença de valores. Mas, você por que isso acontece? Como posso calcular o valor do salário líquido? Continue conosco, que nos próximos parágrafos iremos explicar a diferença entre ambos e te mostrar como é feito o cálculo do salário líquido.

Salário Líquido 2020
Salário Líquido 2020

Qual é a diferença entre salário bruto e salário líquido?

A diferença é simples. O salário bruto é o valor pelo qual você foi contratado, ou seja, quando você procurou o emprego onde hoje está, lhe foi oferecido um valor mensal que receberia não é mesmo? Então esse valor que você sabe que ganha todos os meses é chamado de salário bruto.

Já o salário líquido é o seu salário pago com descontos devidos a algumas taxas e tributações como INSS e vale-transporte (quando o trabalhador necessita). Claro que quanto mais tributação ou benefícios forem inseridos como, por exemplo, contribuição sindical, menos você receberá no mês.

Fórmula do Salário Líquido
Fórmula do Salário Líquido

Como é feito o cálculo salário liquido?

O cálculo é bem simples e você pode fazer rapidamente para saber o quanto receberá no próximo mês. Para isso é importante observar e anotar todos os valores descontados a cada mês para fazer a seguinte conta:

Você deve pegar o valor do seu salário bruto e diminuir pelo valor de contribuição do INSS e demais taxas cobradas obrigatórias. Assim o valor que resultar será o total que receberá no próximo pagamento.

Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso 2020
Salário de Contribuição (R$) Alíquota
Até R$ 1.751,81 8%
De R$ 1.751,82 a R$ 2.919,72 9%
De R$ 2.919,73 até R$ 5.839,45 11%

Se você declara o IR (Imposto de Renda) o mesmo incide sobre o seu salário. Em um exemplo simples, digamos que seu salário bruto é de R$ 3 mil e o desconto do INSS é de 11%. Subtraindo um do outro terá uma contribuição de R$ 330.

Tabela de incidência progressiva do IRRF 2020
Base de cálculo Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRPF
Até R$1.903,98 isento
De R$1.903,99 até R$2.826,65 7,5% R$142,80
De R$2.826,66 até R$3.751,05 15% R$354,80
De R$3.751,06 até R$4.664,68 22,5% R$636,13
Acima de R$4.664,68 27,5% R$869,36

Ou seja, você receberá R$ 2.670. É deste valor que deverá tomar para fazer o calculo do Imposto de Renda e ver quanto deverá declarar.


E as horas extras entram aonde?

Boa pergunta. Se você trabalhou a mais do que o horário normal você deverá receber um acréscimo referente a cada hora extra trabalhada no seu próximo pagamento.

Dessa forma, esse “bônus” é acrescentado no valor do salário líquido, pois a lógica do direito do trabalho compreende que um trabalho possui carga horária semanal, onde se pode ter o mínimo e o máximo executado e o direito a pausas para alimentação e folga para o descanso.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votes, average: 4,25 out of 5)
Loading...