Home » Articles posted by admin

Author Archives: admin

Aplicativo Sine Fácil

O aplicativo Sine Fácil foi lançado a pouco tempo para facilitar a vida do cidadão que é trabalhador e que deseja um novo emprego, uma nova recolocação profissional e uma melhora de carreira profissional.

Como muitas pessoas já sabem, o Sine é um órgão que ajuda pessoas a encontrarem um novo emprego, uma nova oportunidade no mercado de trabalho. Agora o Sine vem com uma facilidade ainda maior para o trabalhador: o aplicativo Sine Fácil.

Com ele o trabalhador pode facilmente baixar o aplicativo no seu celular e aproveitar todas as vantagens que só o Sine Fácil pode oferecer para quem busca uma recolocação profissional e novas oportunidades de trabalho.

Aplicativo Sine Fácil
Aplicativo Sine Fácil

Confira os próximos tópicos que vamos lhe mostrar como acessar o aplicativo Sine Fácil, como ele funciona em seus detalhes, como conseguir baixar de maneira rápida e simples, dentre outras informações importantes.

O que é o Aplicativo Sine Fácil

O Sine nasceu como uma forma de ajudar os trabalhadores de todo o Brasil a terem acesso a vagas de emprego de sua cidade ou local de interesse e também da sua área profissional.

Com o Sine o trabalhador tem uma vantagem de sair na frente no mercado de trabalho, conseguindo encontrar as melhores oportunidades de emprego para melhorar a sua condição de vida e de sua família.

Agora, com o intuito de ajudar ainda mais, o Sine criou o aplicativo Sine Fácil, que nada mais é um programa de celular para que o trabalhador tenha as melhores vagas de emprego diretamente na palma da sua mão com todas as facilidades que o Sine sempre ofereceu.

VEJA AINDA:

Como Funciona o Aplicativo SINE Fácil

O aplicativo do Sine Fácil funciona de maneira muito simples e pode ser baixado por todas as pessoas que desejam ter acesso a diversas vagas de emprego. O programa foi desenvolvido pelo Dataprev, órgão que atua na área de trabalho e emprego no Brasil.

O aplicativo funciona nas principais versões de sistemas operacionais para smartphones e tablets, que são o iOS e o Android.

Basta que o cidadão tenha um celular e acesso a internet para baixar e acessar o programa. O melhor é que o aplicativo Sine Fácil funciona de forma gratuita.

Acesse www.empregabrasil.mte.gov.br para mais informações caso seja necessário.

Cadastro Sine Fácil

Primeiramente o interessado deve solicitar um código QR Code em uma agência Sine mais próxima ou pelo próprio site do emprega Brasil (forma mais fácil). Pelo portal é só o trabalhador inserir todos os dados solicitados.

Após preencher tudo corretamente o site disponibiliza o QR Code para que o aplicativo possa ser baixado e funcione de forma correta. Com o código o cidadão terá acesso a diversas informações como abono salarial PIS 2020 etc.

Cadastro SINE Fácil
Cadastro SINE Fácil

Baixar Aplicativo Sine Fácil

É muito fácil baixar o aplicativo após seguir os passos informados no tópico anterior. Com o QR Code agora faça os seguintes passos a seguir:

  • Entre na sua lojinha do seu celular;
  • Pesquise pelo nome “Sine Fácil”;
  • Baixe o aplicativo;
  • Insira o QR Code depois de fazer a instalação do app;

Siga as instruções para completar o seu cadastro e acesso.

Aumento do Salário Mínimo 2020 – Reajuste Salário Mínimo

O Mínimo Nacional é o menor valor legal que um trabalhador deve receber mensalmente por suas atividades. Todos os anos ocorre o aumento do Salário Mínimo 2020 com o intuito de aumentar o poder de compra dos trabalhadores e assim movimentar a economia nacional.

Ainda que o reajuste seja realmente repassado aos trabalhadores a partir de janeiro, a discussão e divulgação do aumento já são realizadas com bastante antecedência uma vez que, o Governo Federal se organiza e faz os ajustes necessários para garantir os recursos.

De certa forma, todos ficam ansiosos para saberem qual será o valor e, já adianto: o reajuste do próximo ano será o melhor se comparado com os realizados anteriormente. Ou seja, os empregadores devem ficar atentos à alteração para se organizarem e atualizarem os documentos e folhas de pagamento dos funcionários.

Aumento do Salário Mínimo 2020
Aumento do Salário Mínimo 2020

Qual será o valor do reajuste do Salário Mínimo 2020?

Valor que vigora à partir do dia 01/01/2020
R$ 1.040,00*

*De acordo com estimativas.

Se no ano de 2019, milhões de brasileiros receberam R$ 998,00 passarão, a partir de 01 de janeiro de 2020, a ganhar R$ 1.040,00 (segundo estimativas), segundo a previsão do Ministro da Fazenda, Eduardo Guardia. Em outras palavras, o reajuste será de R$ 28,00. Se você estranhou a data em que poderá receber o salário com o novo aumento vou te explicar agora.

Geralmente o Governo autoriza o pagamento dos novos salários reajustados a partir do dia 01º de janeiro, mas desta vez pode ser, inicialmente, para o mês de Fevereiro, mas com possibilidade de ser adiado para Junho.

Isso se deve a uma série de problemas que o Governo enfrentou entre 2016 e 2019, e que precisou alterar datas e até detalhes de alguns programas para poder cumprir com todas as suas metas. Ao contrário de muitos trabalhadores, a medida mais segura é não contar com essas datas e procurar realizar seus gastos dentro do seu orçamento mensal para que não seja surpreendido.


A importância do aumento do salário mínimo nacional

Milhões de trabalhadores brasileiros ganham 1 salário mínimo. É claro que para uma família um único componente não consegue sustenta-la só com este valor. Mas, ainda que o valor estipulado seja abaixo dos requisitos previstos pela Constituição Federal em que define que o valor do mínimo 2020 deve garantir a subsistência necessária para garantir uma vida digna a cada cidadão, o salário mínimo ainda possui outro significado.

Ele foi criado por volta da década de 1930 com o intuito de se estabelecer o menor limite para que o empregador pague pelo serviço do trabalhador, pois se assim não fosse a exploração seria muito maior do que se poderia imaginar.


O que a alteração do salário provoca no mercado?

É uma excelente questão. Além dos pagamentos de salários incidirem seus cálculos sobre o mínimo vigente o pagamento de multas ou valores de processo também acompanham essa alteração.

Por outro lado, alguns setores da economia e certos comércios estipulam o preço de suas mercadorias sobre o valor do salário mínimo, assim como o preço do gás de cozinha e da passagem de ônibus.

Os beneficiários de programas do Governo, os aposentados e pensionistas também são contemplados com os reajustes anuais. Para ter ideia sobre o impacto que o reajuste do salário mínimo provoca nos principais setores da economia, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) terá uma forte despesa estimada em R$ 488,579 bilhões para o pagamento aos trabalhadores. Essa despesa decorre do pagamento de benefícios como a aposentadoria, os benefícios do programa Salário da Família 2020 e de pensões pagas pelos beneficiários da Previdência Social.

O que você achou desse artigo? Quais são suas expectativas quanto ao reajuste? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo.

Auxílio Natalidade 2020

O auxílio natalidade 2020 é um benefício pago a toda a gestante segurada pelo o INSS pelo o parto, é pago também ao segurado que tenha esposa nesta condição. Para mais informações sobre como funciona o Auxílio Natalidade 2020, confira o texto abaixo.

O valor do auxílio natalidade é igual ou menor ao valor pago ao servidor público estadual, o segurado assim, tem direito de receber quantos auxílios forem necessários, de acordo com cada filho nascido.

Auxílio Natalidade 2020
Auxílio Natalidade 2020

Quer conferir mais direitos garantidos ao trabalhador? Veja aqui:


Quem tem direito ao Auxílio Natalidade?

  • O benefício só poderá ser solicitado a todo o segurado ocupante de cargo provimento efetivo;
  • O segurado deve ter no mínimo 12 contribuições para o sistema de seguridade social;
  • O benefício poderá ser solicitado após o nascimento da criança, em um prazo máximo de 180 dias, a contar da data do nascimento, isso independentemente da sobrevivência do recém-nascido.

Como Funciona o Auxílio Natalidade?

O auxílio natalidade poderá ser requerido junto à Gerência Adjunta de Seguridade Social da sua região.

Para realizar o requerimento, você deve comparecer com na Adjunta de Seguridade Social, com os seguintes documentos:

  • Último contracheque atualizado;
  • Identidade e CPF do segurado (a);
  • Certidão de nascimento da criança;
  • Comprovante de residência atualizado;
  • Comprovante bancário legível o número da conta.
Como funciona o auxílio natalidade
Como funciona o auxílio natalidade

Os documentos citados acima devem ser apresentados em cópia e original, as cópias de cada documento deverão ser apresentadas em vias individuais e inteiras, sendo essas frente e verso se necessário.

É preciso levar todos os documentos originais, para que as cópias possam ser autenticadas, o requerimento de solicitação do auxílio natalidade só poderá ser feito mediante a apresentação da documentação completa.

Valor Auxílio Natalidade

O valor do auxílio natalidade é verba prevista no Art. 196 da Lei nº 8.112/1990 onde prevê que o auxílio natalidade é um benefício devido a servidora pública em caso de nascimento do filho, onde essa quantia deve ser equivalente ao menor vencimento do servidor público, a lei é vigente ainda sim que seja um caso natimorto.


Como Funciona

  • Vale ressaltar que em caso de nascimento de gêmeos, esse valor tem um acrescimento de 50% por cada criança.
  • O auxílio também é um benefício pago ao cônjuge ou companheiro do servidor público, quando a companheira não for servidora pública, parecido com a licença paternidade.
  • Também é paga uma gratificação ao servidor público que desempenhou uma função eventualmente de instrutor de curso, treinamento, banca examinadora, fiscalização em concursos e vestibulares também recebem uma gratificação por isso.
  • O auxílio natalidade é um benefício voltado ao servidor público, o mesmo é direito em caso de servidoras públicas grávidas ou companheiro das servidoras.
  • Após o nascimento do bebê o servidor que for receber o auxílio pode procurar o órgão responsável, munido (a) de toda a documentação necessária e solicitar a entrada do benefício, o mesmo é pago uma única vez.
  • As pessoas tendem a confundir auxílio natalidade com auxílio maternidade, ambos benefícios são diferentes, o auxílio natalidade é pago a todo o servidor ou servidora pública que está para dar à luz.
  • Após o parto da criança o segurado (a) possui direito a um benefício pago uma única vez.

Já o salário maternidade visa acolher as necessidades da criança, porém o benefício é pago durante um determinando período mensalmente.

Como agendar a emissão da Carteira de Trabalho

A Carteira de Trabalho é um dos documentos mais importantes na vida do empregado brasileiro, e para facilitar a emissão dessa carteira o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) apresenta o sistema de Agendamento Carteira de Trabalho.

Continue acompanhado os próximos tópicos deste post e entenda melhor como o agendamento Carteira de trabalhado deve ser feito, tanto pela Internet como pelo Telefone.

SAA MTE GOV BR
Como realizar o agendamento da carteira de trabalho

Agendamento Carteira de Trabalho

A carteira de trabalho é um documento que deve fazer parte da lista de documentos do empregado de todas as cidades brasileiras, e para providenciar o mesmo de forma inteligente, o Ministério do Trabalho implementou o sistema de agendamento Carteira de Trabalho.

Fazendo o agendamento, o trabalhador evita enfrentar longas filas nos postos de atendimento, o que poupa um bom tempo.  O melhor deste sistema, reside no fato dele ser bastante acessível, já que com um celular ou computador o empregado pode acessar o site do agendamento e conseguir um horário para ser atendido.

Documentos Necessários

Durante o agendamento da Carteira da Trabalho algumas informações são exigidas pela plataforma, nomeadamente, o número do CPF, sua data de nascimento e telefone de contato.

Quando chegar a hora de comparecer na unidade de atendimento, o trabalhador também deverá possuir consigo alguns documentos, são eles:

  • CPF;
  • Certidão de Nascimento (para solicitantes solteiros) ou certidão de casamento (para solicitantes casados);
  • Comprovante de Residência com o CPF;
  • Documento de Identificação.

Como Agendar Carteira de Trabalho pela Internet

O agendamento Carteira de trabalho é bem fácil, sendo que de um modo generalizado, para realizar o agendamento, o trabalhador só precisa de acessar o site MTE, selecionar a unidade de atendimento da sua cidade e depois finalizar o processo escolhendo a hora e data para a emissão da Carteira de Trabalho.

>>> Confira o Passo a Passo detalhado de como fazer o agendamento Carteira de Trabalho pela Internet.

  • Primeiramente acesse o site do Ministério do Trabalho por meio deste link – http://www.mte.gov.br/;
  • Dentro da página inicial, clique em “Agendar Atendimento”;
  • Em seguida informe os dados requisitados pelo site (Estado, Município, Unidade de Atendimento e Tipo de Atendimento) e depois prossiga clicando em “Prosseguir”;
  • Na próxima página serão apresentados os horários disponíveis, e você poderá escolher um deles para receber o atendimento.

Vale ressaltar que no caso de haver necessidade de reagendar o atendimento, o trabalhador também poderá o fazer diretamente no site do Ministério do Trabalho.

Como Agendar Carteira de Trabalho por Telefone

Pra pessoas que por algum motivo estão impossibilitadas de realizar o agendamento da carteira de trabalho pela internet ou presencialmente, também é possível seguir com este processo por meio do telefone.

O número de atendimento para realizar o agendamento via telefônica é o 158.

Além de marcar a data e hora para se dirigir a uma unidade do Ministério do Trabalho para fazer a emissão da Carteira de Trabalho, o empregado também pode obter diversas informações por meio desta linha telefônica, como é o caso da consulta de:

Adicional Noturno 2020: Cálculo e Valor do Adicional

Um benefício previsto e assegurado pela a Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT do Brasil é o Adicional Noturno, benefício que garante melhores condições salariais e condições de trabalho para os empregados em jornada de trabalho noturna.

Para os trabalhadores que atuam em jornada de trabalho integral ou que trabalham diariamente em jornada noturna, é prevista uma redução da jornada de trabalho e um complemento da remuneração mensal por hora trabalhada, esse benefício é chamado de adicional noturno. Confira abaixo mais informações sobre o benefício.

Adicional Noturno 2020
Adicional Noturno 2020

Qual é o Valor do Adicional Noturno 2020?

Hoje no Brasil é considerado trabalho noturno aquela atividade realizada de 22h as 05h do dia seguinte, durante essa jornada leva-se em consideração a jornada de trabalho, durante essas jornadas, faz com que cada hora trabalhada, seja reduzida dessa jornada em 7 minutos e 30 segundos de cada hora.

Funciona da seguinte forma: a cada 52 minutos e 30 segundos de atividade executada, durante esse período de trabalho noturno, considera-se uma hora plena trabalhada, e paga-se o valor da hora trabalhada somada ao adicional noturno.

Dessa forma, trabalha-se 7 horas, contabilizando e levando em consideração o total de 8 horas.

Valor do Extra Noturno
Valor do Extra Noturno

Atenção: Fique de olho no reajuste do Salário Mínimo 2020. O Governo já anunciou a previsão do novo valor do mínimo nacional.

Cálculo Adicional Noturno – Como Funciona?

Uma das grandes dúvidas das pessoas que trabalham na jornada da noite é em relação ao cálculo do valor extra noturno, constituído pela a Consolidação das Leis Trabalhistas. O extra Noturno é concedido para os trabalhadores que trabalham nesta jornada de trabalho, sendo maiores de 18 anos.

O adicional noturno é concedido por conta do desgaste devido a jornada de trabalho, dessa forma essa bonificação visa compensar esse desgaste através deste valor adicional.

É concedido no mínimo 20% de adicional noturno sobre a hora diurna para o trabalhador urbano, é no mínimo 25% de adicional para o trabalhador Rural.

O percentual do extra noturno é calculado com base pelos os valores que você recebe integral.

Trabalho Noturno
Trabalho Noturno

Confira também:

Para entendemos melhor, vamos analisar o exemplo a seguir…

Contratamos um funcionário que trabalha do período das 22h até as 05h da manhã, foi oferecido a esse funcionário um salário mensal de R$ 1.320,00.

A primeira coisa que precisamos saber é o valor da hora de trabalho deste funcionário. Veja o cálculo:

  • Rendimento Mensal (Salário) = R$ 1.320,00
  • Valor hora = R$ 1.320,00/220 = 6,00
  • Adicional noturno = 20% Vamos ao cálculo 6,00 x 20% = 1,20
  • Valor hora noturna = R$ 7,20 (R$ 6,00 + R$ 1,20)
Horário do Trabalho Noturno
Horário do Trabalho Noturno

O trabalhador executa a sua jornada de trabalho de 22h as 05h da manhã do dia seguinte, total de 07 horas trabalhadas que corresponde as 08h de trabalho diurno.

Sendo assim, o funcionário ao invés de receber R$ 1320,00, recebe em cima deste valor mais 20%, ou seja, o total de R$ 264,00. Juntando todos os rendimentos obtidos mensalmente o funcionário recebe salário de R$ 1.584,00 com o adicional.

Toda a empresa que possui atividade noturna deve pagar aos seus funcionários o adicional que é assegurado e garantido por Lei, toda e qualquer jornada de trabalho noturno deve fazer gozo do valor extra do trabalho noturno.

Abono Pecuniário 2020

A Lei Trabalhista contempla vários pontos que favorecem o trabalhador brasileiro, e dentre eles encontra-se a possibilidade de vender as férias, ou melhor, o abono pecuniário 2020.

Sendo de grande ajuda para quem precisa de um dinheiro extra, esta é uma abertura da lei que é bastante explorada pelo empregado brasileiro, por isso, vale a pena ficar atento e saber como o abono pecuário funciona.

Abono Pecuniário 2020
Abono Pecuniário 2020

O que é Abono Pecuniário 2020

Conhecido comumente como “venda de férias”, o abono pecuniário é um processo em que o trabalhador troca 1/3 dos dias correspondentes as suas férias por dinheiro.

Se um empregado tem direito a 30 dias de férias por exemplo, ele pode vender 10 dias deste período e usufruir apenas dos restantes 20 dias de descanso.

É importante salientar que a escolha do abono de férias é exclusiva do trabalhador. Sendo assim, a empresa não pode de jeito nenhum obrigar o seu empregado a vender as férias. Pois se assim o fizer, ela estará infringindo a lei.

Confira também:


Quem tem Direito ao Abono Pecuniário

O abono pecuniário é direito de todo o trabalhador com carteira assinada, sendo que pelo simples fato dele ter direito ao gozo de férias, ele já ganha o direito ao Abono Pecuniário automaticamente.

Em geral, o empregador não pode negar a solicitação deste direito por parte do trabalhador. Sendo que somente em caso de empregados que gozam de férias coletivas, a empresa poderá não conceder o pedido de venda das férias se assim estiver estabelecido na cláusula de acordo coletivo, segundo o artigo 143 da Consolidação das Leis do Trabalho.


Vantagens e Desvantagens do Abono Pecuniário

A grande vantagem para quem opta pelo abono pecuniário, reside no fato da remuneração recebida vir na forma de 2 pagamentos, ou melhor, ao mesmo tempo que você recebe o valor do abono, você também aufere do salário correspondente aos dias trabalhados.

Agora, quanto as desvantagens, a pior baixa vai para a qualidade de vida, pois ao substituir os dias reservados ao descanso por mais trabalho, você coloca em risco a sua saúde, trazendo problemas como o estresse e muitos outros.


Prazo de Requerimento do Abono Pecuniário

Para que o funcionário tenha sucesso no pedido do abono de férias, ele deve solicitar a venda das férias até 15 dias antes do término do período aquisitivo de férias – Entenda melhor como funciona o prazo de requerimento do abono pecuniário, logo abaixo:

Se um empregado começou a trabalhar numa empresa em 10/11/2017 por exemplo, os períodos aquisitivos para a solicitação do abono pecuniário são os seguintes: de 10/11/2017 a 09/11/2018, e de 10/11/2018 a 09/11/2019.

Valendo salientar que no primeiro período aquisitivo, o prazo limite para solicitação da venda de férias pode ser alastrado até o último dia do mês (30/11/2020).


Como Calcular o Abono Pecuniário

Ao ver da legislação trabalhista, o valor correspondente a venda de férias não integra a remuneração do funcionário, e mais, este valor não é pago no mesmo pacote que o do adiantamento de férias.

O dinheiro que é pago ao colaborador pelo abono de férias, deve ser deduzido sobre a remuneração de férias adicionadas a 1/3 de férias da legislação trabalhista.

Calendário FGTS 2020: Datas de Saque do Fundo de Garantia

O Governo em um tentativa para driblar a crise econômica resolveu a partir de 2019 liberar o Fundo de Garantia, em fevereiro será liberado os pagamentos, os prazos para saque serão liberados através do calendário FGTS que foi divulgado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Calendário FGTS 2020
Calendário FGTS 2020: Datas de saque do Fundo de Garantia

Quem pode sacar o FGTS em 2020?

O saque do valor do fundo de garantia poderá ser realizado todo ano por qualquer trabalhador que optar pelo regime de “saque aniversário”.

Atenção: o saque aniversário não é automático, você precisa ir na Caixa e pedir para mudar para o regime de saque aniversário para ter seu fundo liberado todos os anos.

É importante deixar claro que, caso opte pelo regime de saque aniversário, ele perde o direito de sacar o valor total do Fundo de Garantia se for demitido sem justa causa. Caso se arrependa, ou mude de ideia, você pode ir na caixa e solicitar para mudar novamente para o regime atual.


Qual é o valor do saque do FGTS?

O valor do saque aniversário será calculado de acordo com o saldo do Fundo de Garantia que o trabalhador tiver acumulado em suas cuntas do FGTS.

As alíquotas de pagamento são progressivas, e vão reduzindo quando o saldo da conta for aumentando.


Se eu pedir demissão posso sacar o FGTS aniversário?

Sim, você continua com direito de sacar uma parcela do seu fundo de garantia todos os anos. Mas você continua sendo penalizado com a multa de 40% do saldo da conta do FGTS em caso de demissão sem justa acusa.

Quem pode realizar o saque to FGTS em 2020?

  • Trabalhadores que optarem pela modalidade de Saque Aniversário;
  • Pensionistas e Aposentados;
  • Vítimas de qualquer desastres naturais;
  • Para financiar a casa própria;
  • Falecimento;
  • Doenças já no estado terminal;
  • Doenças consideradas graves, tais como câncer, AIDS, HIV entre outras doenças.

Calendário FGTS 2020 – Tabela e datas de Pagamento

A tabela com o Calendário do FGTS foi divulgada ao publico ainda em julho de 2019. A divulgação da tabela foi feita pelo Ministério da Economia Federal, banco responsável em administrar os programas sociais.

Com a tabela do FGTS 2020 filas e outros problemas são evitados, confira abaixo a data de saque para você pela respectiva tabela:

  1. Quem nasceu em janeiro e fevereiro, os saques serão efetuados no período de abril a junho de 2020.
  2. Quem nasceu em março e abril, os saques serão efetuados no período de maio a julho de 2020.
  3. Para nascidos em maio e junho, os saques serão efetuados no período de junho a agosto de 2020.
Como Receber o FGTS Inativo
Como Receber o FGTS Inativo

O saque do FGTS 2020 só poderá ser feito através da Caixa ou em qualquer casa lotérica, para sacar basta que o cidadão esteja portando todos os seus documentos pessoais (preferencialmente RG) e o cartão cidadão.
Ser você não tiver o cartão cidadão terá que comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal, portando todos os seus documentos e solicitar o saque do seu Fundo de Garantia.

Se você não estiver precisando do dinheiro do FGTS no momento, você ainda pode deixar o mesmo render na sua conta, pois o rendimento do FGTS é 3%, sendo assim o trabalhador consegue manter um dinheiro guardado rendendo juros.

Muitos trabalhadores estão ansiosos já fazendo planos com o dinheiro, os saques serão escalonados por uma ordem aonde será possível identificar o prazo através da calendário FGTS, é importante fica atento (a) ao calendário de pagamento que será disponibilizado em breve. Tudo indica que os pagamentos serão realizado de acordo com mês de nascimento de cada benefício, essa será uma grande oportunidade do Governo Federal para aquecer novamente a economia do País, pois os brasileiros com um dinheiro a mais, movimentam o dinheiro consumido.


Como consultar saldo do FGTS

Se você deseja consultar o valor do FGTS acumulado, basta entrar no site do portal do trabalhador, pode ser através da própria caixa www.caixa.gov.br, informe o número do seu PIS e a senha cadastrada na internet, sendo assim é possível que consulte o saldo e o extrato do seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Através do telefone é possível também consultar o FGTS 0800 726 0207 e obter informações referente ao benefício.

Seguro Desemprego 2020

O Seguro Desemprego 2020 é um programa muito importante que “socorre” os trabalhadores que acabaram de perder os seus empregos e oferece o auxílio momentâneo para que possam retornar ao mercado de trabalho rapidamente. Nos últimos tempos, o programa passou por alterações com o intuito de  promover mais justiça e auxiliar realmente quem precisa. Por isso, algumas modificações foram realizadas e os valores das parcelas também sofreram alterações.

Seguro Desemprego 2020
Seguro Desemprego 2020 – Tabela e Valor do Seguro Desemprego – Confira o Calendário e Como Consulta Auxílio Desemprego

Se você possui dúvidas quanto às regras do programa, direitos e requisitos é só continuar a leitura desse artigo até o final. Acompanhe-me.

Quem tem direito ao Seguro Desemprego?

Os trabalhadores que foram dispensados de seus empregos sem justa causa, os empregados domésticos que foram resgatados de trabalhos considerados escravos e também os pescadores no período chamado defeso (quando as espécies estão em momento de reprodução e a pesca é considerada proibida para que haja a sua perpetuação).

Estes trabalhadores deverão agendar o seguro desemprego para dar entrada no pedido e logo saberá a quantidade de parcelas e o valor que receberá mensalmente no período em que estiver assegurado pelo seguro desemprego 2019.

As parcelas do Seguro Desemprego 2020

Como dito anteriormente, o Seguro Desemprego é um programa de auxílio do Governo para amparar os trabalhadores, que tem o direito a receber o benefício. Desta forma, ele criou regras que contemplam, por meio de parcelas, o tempo que cada um poderá receber o seguro de acordo com o tempo trabalhado no último emprego.

Regras do Seguro Desemprego

Regras Seguro Desemprego 2020
Regras do Seguro Desemprego 2020

De acordo com as novas regras, os trabalhadores podem receber 3, 4 ou 5 parcelas, cujos critérios são os seguintes:

  • Primeiro pedido: Você terá direito a receber 4 parcelas desde que comprove que tenha trabalhado entre 18 e 23 meses durante o último período de 36 meses;
  • Segundo Pedido: Você poderá receber entre 4 e 5 parcelas. Para receber 4 benefícios é necessário que você comprove que tenha trabalhado entre 12 e 23 meses. Já para ter direito a 5 parcelas é necessário que tenha trabalhado no mínimo 24 meses;
  • Terceiro Pedido: Você pode ter direito a receber entre 3 e 5 parcelas, dependendo do tempo de carteira assinada.
    • Caso tenha entre 6 e 11 meses, terá direito a 3 parcelas
    • Caso tenha entre 12 e 23 meses, terá direito a 4 parcelas
    • Caso tenha acima de 24 meses de carteira assinada, terá direito a 5 parcelas

Qual é o valor do Seguro Desemprego?

Receber Seguro Desemprego 2018Para 2020 os valores sofreram um reajuste devido ao aumento do salário (R$ 988) e também do INPC. Desta forma os valores ficaram assim:

  • Se você recebia até R$1.360,70, o valor da parcela a ser recebida será de 80% do valor. Para saber exatamente o valor é só fazer o seguinte cálculo: multiplicar o valor do salário por 0.8;
  • Se você recebia entre R$ 1.360,71 e R$ 2.268,05, deverá receber o valor que resultará do seguinte cálculo: o valor excedente a R$ 1.360,70 deverá ser multiplicado por 0.5 (ou 50%) e somar a 1.088,56;
  • Se você recebia acima de R$ 2.268,05 receberá o valor fixo de R$ 1.542,24.

Fique ligado: esses valores são validos apenas para os benefícios pagos até o dia 31 de dezembro. À partir de 1º de janeiro, o valor reajustado do Salário Mínimo 2019 passa a valer como a parcela mínima do auxílio desemprego.

Tabela Seguro Desemprego 2020

Por meio da tabela do seguro desemprego o cidadão deve se atualizar sobre quais serão os valores para ele realizar o cálculo do valor e parcelas a receber, a tabela informa o valor de cada parcela a ser paga, além de claro as 3 faixas de valores referente ao salário mínimo.

Tabela Seguro Desemprego 2020
Média do salário nos últimos 3 meses) Parcela do Seguro
Inferior a R$ 1360,70 Média do Salário * 0,8
Na Faixa de R$ 1360,71 a R$ 2268,05 R$ 1088,56 + (superior a R$ 1360,70 * 0,5)
Superior a R$ 2268,05 R$ 1542,24

Cálculo do Seguro Desemprego 2020

Cálculo Seguro Desemprego 2018Ao contrário de diversos outros benefícios pagos pelo Governo, o seguro desemprego 2020 leva em consideração algumas regras pra definir o montante a ser pago ao trabalhador.

Para definir a parcela do seguro desemprego é necessário considerar o valor que o trabalhador recebeu nos seus últimos 3 meses de trabalho, também deve-se levar em conta quantos meses o mesmo trabalho antes de pedir o seu benefício, além de não ter feito uso do mesmo nos últimos 36 meses.

Receber o seguro desemprego 2020, não lhe priva de receber outros benefícios como por exemplo sacar o seu PIS (Abono Salarial), desde que claro você esteja dentro das regras definidas para o saque.

Consulta Seguro Desemprego 2020

Os trabalhadores beneficiados pelo seguro desemprego 2020 poderão conferir suas parcelas, bem como os valores de cada uma e a data de pagamento dessas mesmas, acessando no site da caixa o portal do cidadão, você pode acessar o portal clicando aqui. Para visualizar seus dados, bem como os dados do seu benefício basta acessar informar ao entrar no site o número do pis, e caso ainda não possua uma senha, cadastrar na hora mesmo uma nova.

Logo em seguida, basta acessa a guia “Seguro Desemprego” logo em cima da página, fazendo isso todas as suas parcelas e o valores delas irão ser exibidas em sua tela.

Como Consultar o Seguro Desemprego 2020

Se você ainda possui alguma dúvida de quais etapas deverá seguir para consulta o saldo do seguro desemprego, confira abaixo o passo a passo que preparamos para você:

Passo a passo como acessar suas informações e valores do Seguro Desemprego 2020
Passo a passo como acessar suas informações e valores do Seguro Desemprego 2020
  1. Primeiro você deverá acessar o portal cidadão no link acima conforme explicamos anteriormente;
  2. Informe o seu número do NIS ou PIS (PASEP no caso de funcionários públicos) logo na primeira caixa, conforme imagem acima;
  3. Após informar o eu número do NIS você deverá informar ao sistema sua senha, caso você ainda não possua uma, deverá clicar no botão chamado “Cadastra Senha”; ou também se você esqueceu a mesma outros botão como este pode lhe auxiliar para resgatar a sua senha;
  4. Informe o “Código de Verificação” este código serve para verificar se é uma humano que esta acessando a página e evita que rôbos ou outros sistemas automatizados consulta informações que nã devem. Ou seja, isso é para sua segurança.
  5. Agora que você já preencheu todos os dado e informou o código de segurança corretamente, basta clicar no botão “OK”;
  6. Uma página com seus dados será carregada, agora basta clicar na aba “Seguro Desemprego” e você poderá ver as parcelas que ainda faltam receber bem como o valor de cada uma.

Quanto recebe o trabalhador doméstico?

Os trabalhadores domésticos estão conquistando os seus direitos. Os trabalhadores desta categoria terão o direito de receber o valor do salário mínimo 2020 vigente de acordo com a época do pedido.

E, para fechar: é importante lembrar que só poderá receber o benefício enquanto não estiver trabalhando com carteira assinada e nem receber nenhum outro beneficio oriundo da Previdência Social.

Aplicativo Seguro Desemprego 2020

Aplicativo Seguro Desemprego 2018Com a popularização dos SmartPhones o governo decidiu lançar o Aplicativo Caixa Cidadão, através desse você será capaz de consultar o seu saldo do seguro, bem como informações com número de parcelas a ser pagas e seus valores, essas informações estão disponíveis na palma da sua mão, não importa qual a plataforma que seu telefone utilizar, veja em em quais ele já está disponível.

  • iOS (Iphone e Ipad);
  • Android;
  • Widows Phone;

E para ter acesso as suas informações basta acessar realizar o download do seu aplicativo, e ao iniciar o mesmo informar o seu número do NIS e sua senha. Para realizar o download o seu aplicativo e consultar o seu Seguro Desemprego 2020, você deverá acessar o site da Caixa e sele

Gostou desse artigo? Então aproveite e clique no botão “Curtir”.

Tabela Salário Mínimo 2020: Valores e Reajustes

A cada ano, o Governo Federal anuncia o valor reajustada da tabela salário mínimo nacional. O salário mínimo é a remuneração mínima que pode ser paga aos trabalhadores com carteira assinada, aposentados e pensionistas. O reajuste do salário é feito de acordo com o índice de inflação do ano anterior, dessa forma o salário mínimo em 2020 deve ter um aumento de cerca de 1,00% em relação ao ano anterior, para cobrir a desvalorização real que os salários e pensões dos trabalhadores sofreram no ano anterior.

Além do mínimo nacional, alguns estados, através de lei estadual outorgada pelo Governador possuem ainda uma remuneração chamada salário mínimo regional. O salário regional é o piso salarial do estado, que por lei, precisa ser sempre maior ou igual ao piso salarial nacional. Todas as empresas e empregadores da região precisam cumprir o piso regional.

Tabela Salário Mínimo 2020
Tabela Salário Mínimo 2020

Confira as mudanças no valor do salário mínimo 2020 e fique por dentro dos benefícios sociais que serão afetados pelas mudanças.


Tabela Salário Mínimo Nacional 2020

O mínimo nacional é o piso salarial 2020 que deve ser respeitado por todos os empregos formais e benefícios previdenciários, como aposentadoria e pensão por invalidez. Não há diferenciação de diferentes mínimos por categoria de serviço, a não ser no caso do mínimo regional, que é o piso salarial estipulado por alguns estados para os trabalhadores em suas jurisdições.

O reajuste do mínimo é feito ano a ano com base na inflação média medida pelo IBGE através do IPCA, o índice de inflação adotado pelo Governo Federal. A proposta do Governo é assegurar que o trabalhador tenha sempre um aumento que seja equivalente ou superior à inflação – chamado de aumento real – desta forma, o trabalhador não perde poder aquisitivo ano a ano.

Abaixo, segue a série histórica dos valores do salários mínimos pagos pelo governo Federal até 2019.

Vigência Valor Mensal Valor por hora D.O.U.
01.01.2019 R$ 998,00 R$ 4,54 01.01.2019
01.01.2018 R$ 954,00 R$ 4,34 29.12.2017
01.01.2017 R$ 937,00 R$ 4,26 30.12.2016
01.01.2016 R$ 880,00 R$ 4,00 30.12.2015
01.01.2015 R$ 788,00 R$ 3,58 30.12.2014
01.01.2014 R$ 724,00 R$ 3,29 24.12.2013
01.01.2013 R$ 678,00 R$ 3,08 26.12.2012
01.01.2012 R$ 622,00 R$ 2,83 26.12.2011
01.03.2011 R$ 545,00 R$ 2,48 28.02.2011
01.01.2011 R$ 540,00 R$ 2,45 31.12.2010
01.01.2010 R$ 510,00 R$ 2,32 16.06.2010
01.02.2009 R$ 465,00 R$ 2,11 29.05.2009
01.03.2008 R$ 415,00 R$ 1,89 20.06.2008
01.04.2007 R$ 380,00 R$ 1,73 29.06.2007
01.04.2006 R$ 350,00 R$ 1,59 31.03.2006
01.05.2005 R$ 300,00 R$ 1,36 22.04.2005
01.05.2004 R$ 260,00 R$ 1,18 30.04.2004
01.04.2003 R$ 240,00 R$ 1,09 03.04.2003
01.04.2002 R$ 200,00 R$ 0,91 28.03.2002
01.04.2001 R$ 180,00 R$ 0,82 30.03.2001
03.04.2000 R$ 151,00 R$ 0,69 24.03.2000

Tabela Salário mínimo Regional 2020

Nos estados no Brasil em que foi instituído o salário mínimo regional, empregadores e empresas tem a obrigação de pagar o piso regional, e esse sempre deverá ser superior ao piso nacional. Essa tabela varia de Estado para Estado, de acordo com as finanças de cada Governo e com os anseios populares de cada região.

Tabela do Mínimo Regional 2020
Estado Categoria Valor
Paraná Agropecuária R$ 1306,80
Comercio e Serviços R$ 1355,20
Indústria R$ 1403,60
Trabalhadores Nível Técnico R$ 1509,20
Rio de Janeiro Agropecuária / Auxiliares R$ 953,47
Serviços R$ 988,60
Trabalhadores de Construção R$ 1023,70
Administradores R$ 1058,89
Serviços diversos R$ 1090,97
Nível Técnico R$ 1283,94
Professores e taxistas R$ 1772,27
Advogados e contadores R$ 2432,72
Rio Grande do Sul Agricultura, Domésticas e motoboys R$ 1237,15
Indústria R$ 1265,63
Indústria II R$ 1346,46
Trabalhadores Nível Técnico R$ 1567,81,00
São Paulo Agropecuário, domésticos, construção, vendedores R$ 1163,55
Administradores e supervisores R$ 1183,33
Santa Catarina Agropecuária R$ 1158,00
Comercio e Serviços R$ 1201,00
Indústria R$ 1267,00
Trabalhadores Nível Técnico R$ 1325,00

Você também pode conferir o que muda para salário mínimo 2020, de acordo com as mudanças anunciadas pelo Presidente da República, Michel Temer.

Vale lembrar que a aposentadoria na previdência ainda continua sendo paga através da tabela do mínimo nacional, afinal, a Previdência Social é um órgão federal, e os seus índices são fixados de acordo com os valores do mínimo nacional. Dessa forma, aposentadorias e pensões continuam valendo pela tabela nacional.

Salário Líquido 2020: Cálculo, Valor e Descontos

Todo trabalhador desempenha suas atividades em prol do recebimento de salário para o provimento de suas necessidades. E quando chega o dia do pagamento sempre observam, na descrição do seu contracheque dois termos: salário bruto e salário líquido. Logo se percebe que não é a mesma coisa, pois existe uma diferença de valores. Mas, você por que isso acontece? Como posso calcular o valor do salário líquido? Continue conosco, que nos próximos parágrafos iremos explicar a diferença entre ambos e te mostrar como é feito o cálculo do salário líquido.

Salário Líquido 2020
Salário Líquido 2020

Qual é a diferença entre salário bruto e salário líquido?

A diferença é simples. O salário bruto é o valor pelo qual você foi contratado, ou seja, quando você procurou o emprego onde hoje está, lhe foi oferecido um valor mensal que receberia não é mesmo? Então esse valor que você sabe que ganha todos os meses é chamado de salário bruto.

Já o salário líquido é o seu salário pago com descontos devidos a algumas taxas e tributações como INSS e vale-transporte (quando o trabalhador necessita). Claro que quanto mais tributação ou benefícios forem inseridos como, por exemplo, contribuição sindical, menos você receberá no mês.

Fórmula do Salário Líquido
Fórmula do Salário Líquido

Como é feito o cálculo salário liquido?

O cálculo é bem simples e você pode fazer rapidamente para saber o quanto receberá no próximo mês. Para isso é importante observar e anotar todos os valores descontados a cada mês para fazer a seguinte conta:

Você deve pegar o valor do seu salário bruto e diminuir pelo valor de contribuição do INSS e demais taxas cobradas obrigatórias. Assim o valor que resultar será o total que receberá no próximo pagamento.

Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso 2020
Salário de Contribuição (R$) Alíquota
Até R$ 1.751,81 8%
De R$ 1.751,82 a R$ 2.919,72 9%
De R$ 2.919,73 até R$ 5.839,45 11%

Se você declara o IR (Imposto de Renda) o mesmo incide sobre o seu salário. Em um exemplo simples, digamos que seu salário bruto é de R$ 3 mil e o desconto do INSS é de 11%. Subtraindo um do outro terá uma contribuição de R$ 330.

Tabela de incidência progressiva do IRRF 2020
Base de cálculo Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRPF
Até R$1.903,98 isento
De R$1.903,99 até R$2.826,65 7,5% R$142,80
De R$2.826,66 até R$3.751,05 15% R$354,80
De R$3.751,06 até R$4.664,68 22,5% R$636,13
Acima de R$4.664,68 27,5% R$869,36

Ou seja, você receberá R$ 2.670. É deste valor que deverá tomar para fazer o calculo do Imposto de Renda e ver quanto deverá declarar.


E as horas extras entram aonde?

Boa pergunta. Se você trabalhou a mais do que o horário normal você deverá receber um acréscimo referente a cada hora extra trabalhada no seu próximo pagamento.

Dessa forma, esse “bônus” é acrescentado no valor do salário líquido, pois a lógica do direito do trabalho compreende que um trabalho possui carga horária semanal, onde se pode ter o mínimo e o máximo executado e o direito a pausas para alimentação e folga para o descanso.